Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (89)99460 - 8106

Encontre o que deseja

NO AR

Programa: Espaço Jovem

    Estadual

Piauí pede que governo federal envie aeronaves para combate a incêndios

Publicada em 14/10/16 as 18:56h por Rádio Santa Clara - 439 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Vinicius Vainner/TV Clube)
"Falei com o secretário Nacional de Segurança Pública (Celso Perioli) e ele me garantiu toda a parte operacional para a cessão desse avião. Nossa expectativa é que o pedido seja concedido logo e talvez essa aeronave chegue no Piauí ainda neste sábado (15)", disse o secretário de segurança.
Fábio Abreu disse ainda que a Superintendência Nacional da Polícia Rodoviária Federal confirmou o envio de uma aeronave para a capital piauiense. "Esse avião está no estado do Pernambuco e nossa expecativa é que ela chegue ainda hoje (14) aqui em Teresina", disse Fábio Abreu, somando assim pelo menos dois aviões para serem usados no combate à queimadas

"As aeronaves poderão atuar principalmente nas áreas onde o Corpo de Bombeiros tem dificuldade de acesso. O comandante dos bombeiros me disse que existem locais em que as viaturas não conseguem chegar e o combate deve ser feito no foco de incêndio. Com as aeronaves, esse trabalho poderá ser realizado com mais êxito", explicou o secretário.

Nos últimos dois dias, o Corpo de Bombeiros registou 34 ocorrências apenas em Teresina e arredores. A instituição reforçou a equipe que realiza o combate às chamas, com 10 homens, somando 25 bombeiros em cada ação. O governador Wellington Dias liberou recursos para a compra do horário de folga dos bombeiros e solicitou o reforço do Exército Brasileiro, da Defesa Civil, das brigadas voluntárias e da Polícia Militar.

Incêndios deixaram 110 mil sem energia
Em virtude das constantes queimadas no Piauí, outra ameaça surge: o risco de curtos-circuitos e interrupção no fornecimento de energia elétrica. De acordo com Eletrobras, este ano já foram mais de 112 mil consumidores afetados com a falta de energia por conta dos incêndios. A média de tempo sem energia já é maior do que o ano passado. Em 2015, esse tempo foi de 45 minutos e atingiu 75 mil consumidores. Até setembro deste ano, a média já era de 72 minutos às escuras.



fonte:G1piauí





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (89)99460 - 8106

Visitas: 159782 | 

Rádio Santa Clara - A primeira no coração do povo - Todos os direitos reservados